quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Questões Desnecessárias

Como seria não conhecer seus olhos?
Qual seria o real motivo dos meus sorrisos?
Qual seria minha definição de paz ao invés de te ver dormindo ao meu lado?
O que seria não saber a temperatura da tua pele?
Quais seriam meus planos?
Por onde eu andaria? Como eu agiria?
Da onde viria o bem que tu me trás?

Como eu tornaria tarefas diárias num imenso prazer?
Onde eu aplicaria essa ansiedade de querer?
Pra quem eu daria tanto amor?
Onde, como e quando saberia que eu sou alguém muito melhor do que eu era?

Não existe reposta pra nada disso, e na verdade eu nem quero saber sobre essas perguntas.
Isso tudo só serviu pra eu sentir uma porção do quanto é indispensável e essencial ter você comigo e como tudo estaria pálido e talvez caótico sem você.

Eu não lembro bem o que eu fui antes de você, e isso trás uma certa serenidade, calmaria, satisfação em saber apenas que eu sou melhor, muito melhor com você.
E não há nada que me deixe mais segura do que lembrar da intensidade do nosso sentimento e da cumplicidade nos nossos laços.
Eu apenas quero saber todos os dias demonstrar a gratidão que sinto, por me deixar fazer de você: meu amor.

' Eu queria inventar um superbeijoabraçocarinho pra que eu pudesse mostrar

O quanto eu gosto de você, e do seu sorriso, e do seu carinho, e tudo.. '


Nenhum comentário: