quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

(There is) No greater love - amy winehouse


Ao tentar explicar o sentido e as definições do que é amar eu só posso de um jeito simples e transparente me referir à você.
E digo que ao despertar de manhã as inúmeras lembranças de acordar ao seu lado tornam-se vivas de maneira que já não acordo tão mal humorada como costumava.
E no decorrer do dia tudo que faço me trás algum fragmento do seu olhar, do seu sorriso, e qualquer outra recordação do que já passamos juntos. Dessa forma passo o dia mergulhada em você.

E é com sinceridade e de forma sutil que me sinto grata e plena ao dividir com você cada fração do meu tempo mesmo que seja só dentro da minha cabeça.
Tenho meus planos, minhas conquistas pessoais, mas sempre quando acordo, ou ao colocar a cabeça no travesseiro não há nada mais vivo em mim do que a vontade de construir tudo junto com você.
E espero sempre te trazer felicidade tanto quanto você me trás, Meu Bem, Meu Amor.

E já não sei mais pensar só em mim, sou pura 1º pessoa do plural: Nós, Só Nós.

'' No greater love than what I feel for you ''

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Sua Costela

Lá fora um céu fosco e uma suposta luz da lua escondida atrás das nuvens..
Na verdade eu não imagino o céu agora, mas há mais ou menos uma hora atrás eu estava andando pela rua e olhando pra cima, sentindo um pouco de frio e pensando em tudo o possível que não sou capaz de citar.
Já tive tantas vidas dentro de uma só, que se separasse minhas lembranças cada uma daria uma crônica com enredos tão diferenciados que não desconfiariam ser a mesma.
Eu lembro cada caco de sentimento, mas só consigo discernir a fragrância do nosso amor que de tão divina inunda desde minha origem e acredito que após o fim será o fundamento de toda minha existência por mais vã que julguem.

Estou certa que o que há entre nós é mais puro, inocente e belo do que qualquer infância e ousem me chamar de louca, insensata ou qualquer outro mal e eu vou rir por não saberem a beleza de admitir que alguém pode ajudar a construir o que sozinho estava desmoronado e embaraçado.
Não quero sufoco, nem rotina.
Nem silêncio, nem perigo..

Quero cautela, segurança, mas nada de repressão.
Te peço tudo, quero o máximo, e retiro de você qualquer falta.. Passarei a te completar sempre que necessário, nos tornando assim: 1 dividido em dois.
E entre tudo e tanto que já está gravado em mim, pensar em você faz com que me transporte para um quarto branco, uma cama antiga, um poster dos Beatles e me sinta tão plena que tudo que me depreciava cai no chão de forma que posso jogar tudo no lixo e sentir apenas aquele ar de
'amo você'
que ao acordar me traz o desejo de viver pra te acompanhar.

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Mania de amor em excesso

" Eu não sou simples, nunca fui. Mas sempre quis ser sua.''
C.F.A.

A chuva e o vento batem forte na janela, todas as luzes já estão apagadas e vejo apenas a sombra dos sofás.. É exatamente com esse vazio e apenas o som de uma grande tempestade lá fora que eu penso em você.
Não que eu precise de clima e hora certa pra lembrar, mas agora, agora eu estou totalmente focada em você.
Quase posso vê-lo deitado no sofá, ou rindo na cozinha e ao fechar os olhos quase sinto sua presença, tenho a sensação de sentir suas mãos na minha cintura e seu rosto encostado nos meus ombros..
Se eu soubesse que me ouviria agora, bem colado no teu ouvido eu diria que te quero tanto quanto dormir e acordar contigo, como te amo e como esse afeto cresce tanto aqui dentro que quase me sufoca, me deixando um pouco insana a ponto de não querer dividir com ninguém! Só, só pra mim!
Quero ter nas mãos a certeza de tudo e se pudesse te colocaria no Seguro.

Devaneios que crio com frases soltas. Fantasias que invento pra me confortar ou me perturbar..
Sinto tudo e tanto ao mesmo tempo que fico deslumbrada e zonza com tanto amor, meu amor.
E ao entrar no quarto e deitar eu vou sonhar que ouvi sua voz no meu ouvido dizendo:



sábado, 8 de janeiro de 2011

Eu's Bipolares

Eu me definiria como uma caixinha de sentimentos, um porta-jóias de sensações, amor de ouro, ódios-bijuterias, ciúmes foscos, prata-melancolia..
Acordei realista num mundo de ilusões, com medos e pensamentos vazios de sentido, e com pânico de infinitas mentiras contadas,
Estou embriagada com as minhas próprias crônicas, com ressaca da minha essência.
Não amanheci eu.
Sai fora do contexto da minha história e dentro da verdade do espaço que me encontro, não sou mesma aquela que escreve todos essas linhas, de versos de amor.
Enlouqueci talvez, e se o diagnóstico for certo a história da doença eu já sei:
É a inferioridade enraizada que a sombra cega de preocupação em perde-lo, torna-me uma criatura extravagante, incompreendida por amar demais.


quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Questões Desnecessárias

Como seria não conhecer seus olhos?
Qual seria o real motivo dos meus sorrisos?
Qual seria minha definição de paz ao invés de te ver dormindo ao meu lado?
O que seria não saber a temperatura da tua pele?
Quais seriam meus planos?
Por onde eu andaria? Como eu agiria?
Da onde viria o bem que tu me trás?

Como eu tornaria tarefas diárias num imenso prazer?
Onde eu aplicaria essa ansiedade de querer?
Pra quem eu daria tanto amor?
Onde, como e quando saberia que eu sou alguém muito melhor do que eu era?

Não existe reposta pra nada disso, e na verdade eu nem quero saber sobre essas perguntas.
Isso tudo só serviu pra eu sentir uma porção do quanto é indispensável e essencial ter você comigo e como tudo estaria pálido e talvez caótico sem você.

Eu não lembro bem o que eu fui antes de você, e isso trás uma certa serenidade, calmaria, satisfação em saber apenas que eu sou melhor, muito melhor com você.
E não há nada que me deixe mais segura do que lembrar da intensidade do nosso sentimento e da cumplicidade nos nossos laços.
Eu apenas quero saber todos os dias demonstrar a gratidão que sinto, por me deixar fazer de você: meu amor.

' Eu queria inventar um superbeijoabraçocarinho pra que eu pudesse mostrar

O quanto eu gosto de você, e do seu sorriso, e do seu carinho, e tudo.. '


terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Meu apego


Nem que eu escrevesse km de papel, pintasse telas, ou fizesse milhares de poemas e canções, eu não saberia dizer o quanto você me faz bem e o quão necessário se tornou sentir o nosso amor.
Ao olhar nos seus olhos eles se tornam um espelho que refletem felicidade, amor e verdade em mim . E cada dia que você dividi comigo me faz amar mais e mais você.