terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Apaixonada.

Eu não sei como os outros reagem diante do amor, mas eu fico uma boba!
E como é bom ser tonga!
Já não lembrava mais o que era dar um sorriso só de lembrar daquele olhar, de fazer planos, a dor desesperadora, mas gostosa da saudade, o querer beijar só e somente só ele, querer sentir tanto o abraço que quase se consegue.
Olhar uma foto e sentir um aperto de vontade de entrar dentro dela! Querer gritar 'te amo' pra ele ouvir, querer escutar sua voz, querer, querer, querer!
Querer e desejar o melhor. Estar junto, grudado!
Não quero prender, nem amarrar, eu quero apenas ama-lo!
E essa felicidade toda que estou sentindo é porque sim, é correspondido!
É absurdo amar tanto em tão pouco tempo, mas tudo o que digo é sincero e verdadeiro.




segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Amores Requentados

Não ando pensando tanto em relacionamentos, não quero isso pra mim agora, mas tenho medo de acordar um dia e não ter um relacionamento sincero e ao mesmo tempo acho que sinceridade demais me ferra.

Procurei ser sincera sempre, mesmo que isso me rotulasse como ruim, egoísta, cavala e tudo mais. E mesmo eu sendo assim as pessoas saem da minha vida, mas voltam, e eu acabo deixando meus amores requentados por ai.

Acho que por isso não sofro com o 'acabou' dos relacionamentos, porque eles não acabam pra mim. Posso ligar a hora que eu quiser (embora em não faça isso nunca), e ai fica essa coisa solta no ar.

Só que eu não quero ficar esquentando o que já esfriou. Quero o novo e um relacionamento saudável, mas só daqui alguns anos.






quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Ela gosta é do amor!

'Na sua primeira paixão, a mulher ama o seu amante; em todas as outras, do que ela gosta é do amor.'
George Lord Byron

E talvez seja um dos muitos motivos de relacionamentos vazios. Não há admiração, querer, nem amor ao próximo, é só amor, amor solto no ar,
vontade de amar, amar alguém que não existe...
Entendo o fato de mulheres serem complicadas, eu sou,
Mas já pensou porque complicamos?
Tenho certeza, e falo por mim e não por outras, mas complicamos porque queremos complicar!
Ás vezes ciente, ou inconsciente.
Mulheres querem ser admiradas, amadas, ou pelo menos percebidas.
E na correria desses dias deixamos passar pessoas que poderiam ser interessantes, mas a ambição de querer ser alguma coisa faz com que a gente não perceba ou simplesmente não quereremos ver e depois a gente sente uma pontinha de arrependimento, mas depois vê que nem ta ligando tanto assim.
Eu tenho minhas paixonites, mas nenhuma é a vontade do 'pra sempre'.
Mas mesmo que neguem, todo mundo ainda é romântico.