terça-feira, 12 de maio de 2009

Pensamentos Soltos, traduzidos em palavras...

Estou sempre falando nele.
Não é uma pessoa, um nome, é o sentimento.
Sempre fico questionando o que seria certo no amor.
Eu não gosto de admitir isso, mas sou o tipo de apaixonada que faz tudo quando está realmente afim. Não sei até onde isso me prejudica ou me faz feliz.
Mas me considero uma louca quando lembro de tudo que já joguei fora por causa dele, do amor.
E hoje, levando a vida que eu levo, me sinto até uma outra pessoa. Com toda a calma e falta de atitude.
Sempre fui determinada, decidida, um pouco confusa como toda mulher, mas sempre colocando a boca no trombone e fazendo o que queria.
Talvez esteja parada demais, ou amadurecendo, mas como uma lagarta faz para virar borboleta, eu estou fechada no meu casulo, esperando a hora certa para ser alguém.
Uma oportunidade, Sorte, uma coragem de jogar tudo pro alto e ir atrás do que quero.
Só que agora calculado e muito bem pensado.
Eu vou mudar minha vida sim. E pra melhor.

Um comentário:

Jessica Leme S. disse...

uh demoro! ainda temos uns 7 meses pra se findar 2009 dá tempo!