domingo, 10 de maio de 2009

Independente!

Talvez não seja assim tão ruim de se viver.

Reclamo tanto de tanta coisa. E apesar de ser muito orgulhosa não gosto de ficar sozinha.

E ás vezes penso que sou um tanto fraca por não conseguir isso.

Pensando na minha vida eu vejo que nunca fui solteira. Nenhum amor não-correspondido, até sofri sim com isso, mas da pior maneira: não correspondido, mas comigo, junto, do meu lado.

Não sou batalhadora e nem aquele Mulherão que venceu na vida. Mas sou novinha ainda.

Quero sim achar minha estrada, seguir o meu caminho e ter muitas vitórias pra contar e sair por cima de erros que sei que vou cometer por ser 'cabeça dura'.

Não sei de muita coisa e nem quero me apressar.

Mas sim, eu quero ser Independente!

E pra isso tenho que mudar muita coisa na minha cabeça e vencer traumas que passei e que finjo que não mexem comigo, mas ainda me atormentam.

Minha vida tem dois lados. Posso ver ela como uma história bem triste. Mas prefiro pensar que foi tudo muito engraçado.

E estou me sentindo bem, por ver que apesar de serem poucos os momentos, eu fui feliz em muitas fases.

Mas não to procurando felicidade, porque sei que ela é só uma pequena parte do dia, da semana. É só ver uma criança rindo ou uma amiga com uma história engraçada pra contar.

O que eu quero é me sentir realizada, orgulhosa de várias coisas que eu fiz.
E fiz sozinha!


Um comentário:

Jessica Leme S. disse...

Melancolia e triste como uma menina com lagrimas nos olhos ao escrever...Nossas vidas nao sao faceis, eu venci sim mtas coisas mas se eu parar e pensar no trampolim em q me acho é foda!!! Prefiro acreditar q minha solidao vai se findar, mas posso ver que sei viver sozinha...Mas dependo de sentimentos que nao posso ter só. Detesto a vida por mtas manhas, queria dormir para a eternidade...mas eu ainda acordo e talves essa seja a esperança.