terça-feira, 18 de novembro de 2008

=D

Falar. É tão fácil dizer.
Dizer do que não gostamos, do que nos irrita, de defeitos que não suportamos. Ah, e como é fácil idealizar alguém. Dizer que quer que o namorado seja isso ou aquilo.
Não adianta! A gente sempre se apaixona pelo errado. Ou talvez o errado seja o certo.
Mas a questão é que na maioria das vezes você vai se apaixonar por aquela que tem os defeitos e as manias que você dizia não suportar. E você terá toda a paciência e compreensão do planeta com tudo isso.

Sempre fui mandona, agressiva, dominadora, cheia de ser dona da verdade. Paciência? Raramente tinha. E olhando a minha história vejo que continuei sendo assim, menos em um setor: o amor. Muita compreensão da minha parte. Mas muita mesmo!
Todo meu amor e as manias que mais detesto concentrados na mesma pessoa.
Não me arrependo de nada, mas questiono certas coisas.

E quando chega aquela pessoa e te diz que encontrou a pessoa perfeita? Você acredita?
Eu acredito. Porque encontrei a pessoa perfeita, mas não dou bola.
Vou me arrepender disso? Não sei.
Mas eu fiz tantas loucuras por esse tal de amor e não pensaria em fazer outra se me desse na telha.
Se não fiz nada é porque ainda não me enlouqueceu. Porque eu já fiquei louca e tenho "loucuras" pra contar.

Talvez quem a gente ame, não seja quem nos mereça!

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Carlos Drummond de Andrade

Não importa onde você parou...
Em que momento da vida você cansou...
O que importa é que sempre é possível e necessário "RECOMEÇAR".
RECOMEÇAR é dar uma nova chance a si mesmo...
É renovar as esperanças na vida e, o mais importante...
Acreditar em você de novo.
Sofreu muito neste período?
Foi aprendizado...
Chorou muito?
Foi limpeza da alma...
Ficou com raiva das pessoas?
Foi para perdoá-las um dia...
Sentiu-se só por diversas vezes?
É porque fechaste a porta até para os anjos...
Acreditou em tudo que estava perdido?
Era o início de tua melhora...
Onde você quer chegar?
Ir alto?
Sonhe alto...
QUEIRA O MELHOR DO MELHOR...
Se pensamos pequeno...
Coisas pequenas teremos...
Mas se desejarmos fortemente o melhor e
PRINCIPALMENTE LUTARMOS PELO MELHOR...
O melhor vai se instalar em nossa vida.
Porque sou do tamanho daquilo que vejo.
E não do tamanho da minha altura."


Carlos Drummond de Andrade

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Oh merda!

Existem coisas que acontecem na vida que é impossível superar.
Eu nunca vou superar ter vindo pra cá.
Hoje eu dormi o dia todo para fugir dos meus problemas, minhas tristezas que são bem maiores que minhas alegrias.
Conversei com uma grande amiga e chorei ao ver que ela também sofreu com isso tanto quanto eu. E que se sente do mesmo modo. Sente falta de uma amizade de verdade.
Conversei com ele e vi ele reclamando de coisas que eu nem citei, mas são exatamente o mesmo que eu sinto.
Estragaram minha vida, estragaram minha vida.E eu nunca vou perdoá-los por isso.
E talvez por estar escutando uma musica que me faz chorar - porque choramos juntos ouvindo ela - me faça sentir um vazio maior ainda.
É muito fodá!

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

O que é certo pra mim talvez não seja certo pra você

Odeio.
Simplesmente odeio palpites sem fundamentos. Ninguém deveria abrir a boca pra falar sobre algo que não sabe ou que ao menos nunca se importou em saber. Isso me deixa muito irritada.
E creio que isso não vai parar tão cedo, ainda vou ouvir muitas reclamações, olhares insuportáveis. Só que não vejo nada de errado no que irei fazer. Tomei uma decisão, decidi morar aqui e antes mesmo de chegar nessa casa ja tinha tomado outra decisão: voltar.
Não escondi isso de ninguém, posso ser tudo, menos falsa. E sofri o cão, chorei e até quase fiquei doida por ouvir que eu era um estorvo. E agora eu ouço de novo que vou ser um estorvo lá. Pô! Vou virar mendiga e morar debaixo de uma ponte e ser um estorvo pra sociedade.
Não sei mesmo, é sério, e até penso, sou tão horrível assim? Eu não acho que sou uma santa, mas é triste ver que ninguém acredita em você. É triste de verdade.
Não quero vingança e nem provar nada pra ninguém, e não quero ninguém me pedindo desculpas. Eu apenas sei que tudo que se faz , paga-se aqui mesmo.
Tenho meus pecados , mas não sou uma monstra. E o que mais me espanta é saber que se eu falar que me disseram isso, vão negar até a morte.