quinta-feira, 2 de outubro de 2008

O mundo se ajeita!

E com o tempo realmente tudo vai criando uma forma e se você parar pra pensar sempre tem alguma coisa que melhorou... Depois de tanta tristeza, de uma tempestade de decepções, ódio, raiva e outra série de sentimentos confusos e ruins parece que a minha vida se acalmou. Sei que nada é tão fácil e que nem a metade foi resolvido. Esse ano estou cheia de decisões à tomar que podem mudar o curso de toda a minha vida, mas sou nova e errar sempre acontece. Mas tenho meus princípios e meus valores, sou sensível embora não deixe transparecer tanto, e acredito de verdade no amor, sou ambiciosa e quando dizem que dinheiro não trás felicidade eu concordo plenamente, mas se eu estiver infeliz pelo menos dinheiro eu quero ter. Quero sentir realização naquilo que vou fazer e orgulho próprio, não é nada de absurdo, é o que a maioria pensa hoje em dia. Mas não quero só isso, quero uma família, filhos, quero ser feliz. E hoje eu estou, mesmo não tendo nada disso que citei. Pra mim a pior coisa é ser mal amada, uma pessoa que não recebe amor é amarga e se torna muito chata. E eu estou bem por ver que agora ele conseguiu me dar valor. Se é falsidade só o tempo vai dizer. Mas o meu amor não é falso, nunca foi. Espero mesmo que as coisas continuem assim, se ajeitando pra mim. E com calma e bom-senso espero sempre poder estar selicionando o que é bom e jogando fora o que é ruim. Quero estar velhinha e poder contar para os meus netos, minhas vitórias. Texto sem sentido algum, mas eu sei oq eu quis dizer. hahah

'Sim meu amor,
Quando a gente quer
O mundo se ajeita..'

Quando a gente quer

O mundo se ajeita...'


Nenhum comentário: