quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Escolha!

Eu tenho um sério problema: acredito no amor!Dou valor à aquele romantismo exacerbado, suspiro com histórias e promessas, sonho com alguém que entenda até meus segredos mais obscuros, acredito de verdade em tudo que me falam, gosto de ver o brilho nos olhos, o sorriso e a timidez quando se recebe um elogio, acredito na cumplicidade, confio cegamente nas palavras, e me assusto tanto com falsidade que chego a não acreditar que alguém possa mentir. Isso é qualidade ou defeito? Eu não sei, só sei que está me causando problemas.Eu estou sempre me iludindo com promessas vazias, gastando energia com idéias, com planos, com sonhos, e isso só está me desgastando. 'Sempre lutar pelo o que se deseja'.. Ouvi isso várias vezes e sempre procurei fazer, mas quando é a hora de parar? Quando é que não vale mais a pena?Eu realmente não sei. E gostaria que parassem de me dizer tanto, opinar tanto. Preciso ouvir a minha voz, decidir o que eu quero. Não consegui ainda parar e pensar em tudo isso. E acho que ando fugindo. Fingindo que não há nada acontecendo, mas está, eu sei que está.''You make me want to and I do not want.'' (acho horrivel escrever em inglês quando nem se sabe falar, mas resolvi colocar pra fazer um drama).Muitas coisas acontecendo, muito para ser feito, para decidir e eu vou embora.E é sempre assim, eu acordo, eu desperto exatamente quando vou embora. O sentimento de perda é o pior de todos. Já perdi muito e odeio perder, não aceito perder.Não quero perder de novo, mas qualquer caminho que eu seguir eu vou perder.. Perder a chance de saber o que aconteceria se fosse pelo outro.E eu só queria mesmo é estar em paz e fazer a escolha certa.


..

Nenhum comentário: