terça-feira, 23 de setembro de 2008

Senso do ridículo

Tive uma aula ótima hoje e aprendi uma coisa que tenho certeza que vou guardar pro resto da vida.Perca a vergonha na cara, mas não perca o senso do ridículo.Você perder a vergonha é triste, agora perder o senso do ridículo não tem comparação. E o que é perder o senso do ridículo??É quando alguém faz a coisa errada, uma enorme de uma 'cagada' mesmo e não se toca que está errado. Acha que está certo, que tinha que ser assim mesmo. A pessoa não é capaz de entender a gravidade da situação, leva na brincadeira como se tudo não passasse de um simples probleminha. Não enxerga o quão RIDÍCULA ela está sendo. Não vê o tamanho da burrice e se você quiser avisá-la, não adianta. Ela vai continuar achando que tudo foi só uma coisa pequinininha, que não foi nada, sendo que é enorme!O professor, grande professor que disse isso hoje se expressou bem melhor. Mas o que eu disse não deixa de ser verdade.Como alguém pode ser tão ignorante? tão ridículo?São palavras e atos infantis, nojentos, repugnantes que me deixam realmente assustada. Como alguém pode ser duas pessoas? Uma perto de você e quando longe é completamente outra?Não entendo, não entendo mesmo como as coisas chegaram a esse ponto com ele.Mas depois do que aconteceu e do que esse mestre disse hoje eu vou parar e pensar melhor.Porque acho que quem ta bancando a ridícula aceitando tudo isso, sou eu.

Um comentário:

Thiago disse...

As mascaras caem e pra pessoa se auto-firmar e reconhecer um erro pode ser tão difícil que acabam se iludindo de que nunca erram, complexo demais os outros erram mas eu nunca! mais ou menos por ai, ótimo texto
=D